Search
Close this search box.

Bolsa Atleta e Bolsa Técnico estão com inscrições abertas

O programa Bolsa Atleta e Bolsa Técnico tem edital publicado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social de Minas Gerais (Sedese), por meio da Subsecretaria de Esportes (Subesp). O Edital 4/2023 é destinado à seleção de atletas e técnicos de modalidades olímpicas e paralímpicas filiadas, vinculadas e reconhecidas pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB) e pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB). A iniciativa prevê a concessão de 203 bolsas e repasses de R$ 750 a R$ 5.000, a cada dois meses, para os profissionais selecionados. As inscrições estão abertas até às 23h59 do dia 18 de agosto e serão realizadas mediante cadastro no sistema disponível no site para modalidades convencionais e para modalidades paralímpicas.

O atleta deve efetuar o cadastro, preenchendo os dados pessoais e lançando o melhor resultado alcançado nas competições de referência, indicadas pela entidade regional ou nacional de administração do desporto, que participou no ano 2022, sendo possível realizar apenas o cadastro de um resultado em cada nível de bolsa disponível.

Já o técnico também deve efetuar o cadastro preenchendo os dados pessoais, associando os resultados dos seus atletas já cadastrados e/ou cadastrando os resultados alcançados por eles nas competições de referência que participou em 2022, indicadas por entidade regional ou nacional de administração do desporto.

Os atletas ou técnicos poderão cadastrar um resultado em mais de uma categoria de bolsa, cientes de que só receberão o benefício de um pleito, sendo este o de maior valor, assim como também poderão se cadastrar somente em uma modalidade.

No final da inscrição será gerado um relatório, que deverá ser impresso e assinado pelo atleta ou técnico, e anexado ao sistema de inscrição, caso seja selecionado. O resultado dos atletas e técnicos selecionados será divulgado a partir do dia 10 de outubro, no site da Sedese e publicado no Diário Oficial do Estado.

O diretor de Incentivo ao Esporte de Participação e Rendimento, Samuel Souza, explica a importância da ação. “O programa Bolsa Atleta e Bolsa Técnico reforça a política de valorização do esporte praticada pela Sedese, tendo em vista a sua contribuição para a manutenção da carreira dos atletas e de técnicos de alto rendimento, por meio de apoio financeiro àqueles que pleiteiam o benefício, com o intuito de obter pleno desenvolvimento esportivo para que possam, assim, representar o estado e o país nas principais competições nacionais e internacionais”.

Categorias

O Bolsa Atleta é dividido em quatro categorias: Estadual, Nacional e Internacional, que são destinadas aos atletas que tenham participado e conquistado, no ano de 2022, uma das três primeiras colocações nas competições de referência de âmbito estadual, nacional e internacional. Além das três citadas anteriormente, existe ainda o Bolsa Atleta Olímpico/ Paralímpico, destinado, exclusivamente, aos atletas que tenham conquistado medalha de ouro, prata ou bronze, ou participado da última edição dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Verão ou de Inverno.

O Bolsa Técnico conta ainda com duas categorias: o Bolsa Técnico I, destinado aos técnicos dos atletas aptos a pleitearem a bolsa atleta na categoria estadual, e o Bolsa Técnico II, que é destinado aos técnicos dos atletas aptos a pleitearem a bolsa atleta nas categorias nacional, internacional e olímpico/paralímpico.

Etapas

A seleção dos beneficiários será em três etapas: homologação do resultado pela entidade regional ou nacional de administração do desporto, classificação e seleção dos beneficiários e análise documental. Após as etapas, o atleta ou técnico selecionado deverá enviar à Secretaria, via sistema de inscrição, a documentação comprobatória, especificada no edital, em até cinco dias úteis, a contar da notificação que será encaminhada ao e-mail cadastrado. Mais informações podem ser obtidas na Diretoria de Incentivo ao Esporte de Participação e Rendimento da Sedese, no e-mail: [email protected].

Confira as categorias e vagas disponíveis:

Bolsa Olímpica

Bolsa atleta Estadual: 50 vagas (R$ 750 bimestral)

Bolsa atleta Nacional: 23 vagas (R$ 1.500 bimestral)

Bolsa atleta Internacional: 9 vagas (R$ 2.500 bimestral)

Bolsa atleta Olímpico: 3 vagas (R$ 5.000 bimestral)

Bolsa Técnico I: 10 vagas (R$ 1.000 bimestral)

Bolsa Técnico II: 4 vagas (R$ 3.000 bimestral)

Bolsa Paralímpica

Bolsa atleta Nacional: 71 vagas (R$1.500 bimestral)

Bolsa atleta Internacional: 15 vagas (R$2.500 bimestral)

Bolsa atleta Olímpico: 8 vagas (R$5.000 bimestral)

Bolsa Técnico II: 10 vagas (R$3.000 bimestral)

Deixe um comentário


Outras Notícias

Conteúdo protegido. Para compartilhar o site ou notícias use o link ou os botões de compartilhamento.