Search
Close this search box.

Curso do Rio Pomba Valley tem reconhecimento do MEC e abre inscrições para a terceira turma

O Rio Pomba Valley, programa realizado pelo Instituto Energisa que fomenta um ecossistema de tecnologia e inovação na Zona da Mata Mineira, chega em sua 3ª edição consagrando-se como uma referência em formação tecnológica. A iniciativa, patrocinada pelo Grupo Energisa, tornou-se um curso técnico reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC), com diploma válido em todo o território nacional. Lançado em 2022 com a proposta de transformar a Zona da Mata mineira em um hub tecnológico e criar um ambiente de empreendedorismo e inovação, o Rio Pomba Valley está com inscrições abertas para sua terceira turma. Serão 40 vagas voltadas à profissionalização de jovens de baixa renda em Desenvolvimento de Sistemas.

Para participar, é preciso ser residente da Zona da Mata Mineira, ter mais de 16 anos, estar cursando o 2º ano ou ser aluno egresso do Ensino Médio em instituições públicas de ensino e ter renda per capita familiar de até três salários mínimos. Alunos bolsistas de escolas particulares também são aceitos. Ter afinidade com as áreas de tecnologia e raciocínio lógico é um diferencial. O programa tem como parceiro pedagógico o Sistema FIEMG, através do SENAI Cataguases e do Instituto Euvaldo Lodi (IEL). As aulas serão presenciais no SENAI Cataguases, com início previsto para 16 de setembro. As inscrições vão até 21 de julho e podem ser feitas no seguinte link: https://trabalheconosco.vagas.com.br/rpv-energisa.

Além de reconhecido pelo MEC, o novo curso é mais robusto e foi pensado para atender às demandas do mercado. Serão 1.200 horas de duração, totalizando 18 meses. A ementa do programa vai além do conteúdo de Full Stack, oferecido nos anos anteriores, e contempla também algumas disciplinas complementares mais práticas, como empreendedorismo, introdução a devops, criatividade e ideação em projetos de inovação, projeto de interface web, programação client-sid, prototipagem de negócios inovadores, tecnologia de segurança da informação, entre outras.

Uma das principais intenções da iniciativa, que já recebeu mais de 1.800 inscrições em edições anteriores, é que os participantes, após concluírem o curso, sejam absorvidos pelo mercado de trabalho. Meta que tem sido alcançada com êxito. Em 2022, o programa formou 35 jovens em TI, dos quais dezessete foram contratados pela Energisa e outros foram absorvidos por outras empresas, chegando a 80% de empregabilidade entre os formados. A segunda turma conclui o curso em setembro deste ano.

“Reconhecemos o enorme potencial da Zona da Mata Mineira para se tornar um centro de inovação tecnológica no Brasil e o aproveitamos, oferecendo formação de alta qualidade em tecnologia para jovens da região. Estamos comprometidos em criar oportunidades e fomentar um ecossistema de inovação e empreendedorismo. Ao capacitar esses jovens, estamos não apenas transformando suas vidas, mas também contribuindo para o desenvolvimento socioeconômico sustentável da região”, comenta Eduardo Mantovani, diretor-presidente da Energisa Minas Rio.

O programa alinha-se aos objetivos estratégicos do Grupo Energisa, que busca promover a educação e a inovação tecnológica. A formação de profissionais em carreiras de tecnologia (Indústria 4.0) é um passo crucial para desenvolver a criatividade e inovação na região. Além disso, o programa desenvolve parcerias com órgãos públicos e privados, que potencializam a iniciativa. A criação de um ambiente de interações e cooperações entre empresas, universidades, startups e investidores não só gera impacto social, mas também fomenta um ecossistema propício para o desenvolvimento de ideias, produtos e soluções inovadoras, fortalecendo o empreendedorismo.

Serviço – Programa Rio Pomba Valley

Inscrição: entre 1º e 21 de julho

Quando: as aulas começam em 16 de setembro de 2024

Onde: Presencialmente, no SENAI Cataguases

Público-alvo: a partir de 16 anos

Inscrição: https://trabalheconosco.vagas.com.br/rpv-energisa

Deixe um comentário


Outras Notícias

Conteúdo protegido. Para compartilhar o site ou notícias use o link ou os botões de compartilhamento.