Search
Close this search box.

Carnaval em Minas: calor intenso e chuvas isoladas devem predominar na folia

Sol entre nuvens e pancadas isoladas de chuva devem marcar o Carnaval na maior parte de Minas Gerais entre sábado (10) e terça-feira (13).

A indicação é da previsão do tempo elaborada pelo Sistema de Meteorologia e Recursos Hídricos de Minas Gerais (Simge), do Instituto Mineiro de Gestão das Águas (Igam).

No fim de semana de folia em diversas cidades históricas, como Ouro Preto, Diamantina e Tiradentes e na capital, Belo Horizonte, a previsão é de céu com muitas nuvens e tempo abafado.

Por conta do calor, há possibilidade de chuvas isoladas de curta duração, mas os termômetros devem ficar na casa dos 28°C.

“Há possibilidade de chuva, em função do calor. Tendem a ser chuvas isoladas em grande parte de Minas, incluindo toda a faixa central – onde está Belo Horizonte -, assim como na Zona da Mata e faixa Leste do estado. São chuvas típicas do verão, ou seja, calor e aumento da nebulosidade na parte da tarde e chuvas isoladas”, explica o meteorologista do Simge, Heriberto dos Anjos.

A temperatura sobe ainda mais a partir de segunda-feira (12) em boa parte de Minas, com a temperatura máxima superando os 34°C no Triângulo Mineiro. Há possibilidade de chuvas rápidas, principalmente no período da tarde, em toda a Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Chuvas no Norte e Noroeste mineiro

As regiões que devem concentrar o maior acumulado de chuva durante o Carnaval serão no Noroeste e Norte mineiro, principalmente nas proximidades de Montes Claros, Pirapora, Três Marias, Unaí e Paracatu.

Nas áreas citadas, o acumulado de chuva pode superar a marca de 100 milímetros no período de folia.

Simge

O trabalho de monitoramento das condições climáticas é feito no Igam há 25 anos, pelo Simge. O sistema é referência para que, nos casos de eventos naturais, os órgãos públicos tomem decisões que podem salvar vidas.

O trabalho de alerta é realizado em parceria com a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec) e tem o apoio da Cemig para aquisição das informações.

Ainda, para realizar a previsão de tempo e clima, bem como o monitoramento e a vigilância meteorológica, o Simge conta atualmente com ferramentas como produtos derivados de satélite, modelos meteorológicos e climáticos provenientes de órgãos nacionais e internacionais, sistemas de detecção de raios, dados observados por meio de Plataformas de Coleta de Dados (PCDS) automáticas e dados de radares meteorológicos.

Deixe um comentário

Outras Notícias